Buzz Marketing: a comunicação boca a boca

Na tradução literal, buzz significa zumbido, zunido, murmúrio, rumor ou bochico.  O Buzz Marketing ou também conhecido com marketing boca a boca, procura estimular indivíduos e a sociedade a repassar uma mensagem para outros, aumentando sua abrangência e servindo como influenciador.  Com a rápida multiplicação, principalmente através da internet, uma mensagem pode atingir milhares ou até milhões de pessoas. O buzz pode acontecer espontaneamente ou pode ter influência de um agente externo.

Algumas pesquisas mostram que o boca a boca é uma das melhores formas se divulgação de um produto/serviço.

Muitos profissionais de marketing ainda concentram seus esforços no uso da propaganda e outras ferramentas para influenciar individualmente cada cliente, esquecendo o fato que a aquisição de diversos produtos faz parte de um processo social. 

No processo da compra, diversos fatores influenciam a tomada de decisão final. Um deles são os conselhos e opiniões dados por terceiros.  E é justamente neste ponto que o buzz marketing atua.

Para compreender este processo é importante entender como funciona o processo da comunicação boca a boca.  O intercâmbio de informações entre os indivíduos sobre produtos e serviços é o elemento básico dos rumores.

Na comunicação boca a boca, os rumores podem ser considerados o somatório de todas as comunicações realizadas de pessoa para pessoa sobre um determinado produto, serviço ou empresa, em certo momento.

Depois que um rumor foi exposto ao mundo, ele viaja através de redes invisíveis, que são as redes interpessoais de comunicação, que conectam os clientes uns aos outros.  Nestas redes se encontram os chamados centros de atenção, pessoas particularmente bem posicionadas para transmitir informações.

Estes centros podem ser normais, de pessoa para pessoa, ou podem ser megacentros de atenção como, por exemplo, pessoas ligadas aos meios de comunicação de massa, centros especializados, comandados por um especialista em uma área, e centros de atenção sociais, através de pessoas socialmente ativas.

As redes são importantes por que há ruído demais, e os consumidores não conseguem mais ouvir o que a empresa diz, por isso eles preferem ouvir amigos e familiares.    E o mais vital para a comunicação boca a boca, as pessoas estão conectadas, descobrindo a cada dia novos instrumentos para compartilhar informações, principalmente na internet, que se tornou o principal meio de espalhá-las rapidamente.

Aqui é, apesar de parecer que marketing viral e buzz marketing são as mesmas coisas, é importante fazermos uma consideração no que se refere à diferença entre eles.

buzzO buzz marketing se aproveita de noticias e eventos para fazer com que “certas” pessoas (as chamadas especialistas, que conhecem sobre um determinado seguimento e servem como divulgadoras, e o caso de alguns blogs especializados, blogs que falam sobre: maquiagem, de computadores, jogos, ou em caso de festas os famosos “promoters”, que são conhecidos por serem “festeiros”), disseminem a idéia a quem interessar.

Já o marketing viral faz essa disseminação da idéia, porém como em um vírus não se preocupa com o hospedeiro, quer dizer; a idéia é passar a mensagem da marca para o maior numero de pessoas sem a procura da pessoa certa. E na maioria das vezes o marketing viral tem como foco, mensagens divertidas ou informativas que são feitas para serem passadas adiante de modo exponencial, por e-mail ou eletronicamente.

Enfim, o Buzz Marketing possui características similares ao Marketing Viral, mas não há a necessidade de esconder seu objetivo, ter um tom cômico ou simplesmente passar uma mensagem sem dizer ao consumidor que ali existe a “venda” de um produto.

Outro ponto que merece atenção é que para que as notícias realmente se espalhem é preciso muita energia, pois as coisas não acontecem sozinhas.  É importante investir energia, tempo, imaginação e informação ao invés de dinheiro.

As pessoas certas que vão espalhar a mensagem devem estar contagiadas, e realmente acreditar naquilo que estão falando. É aquele tipo de pessoa em quem sentimos que podemos confiar.  Somente desta forma existirá credibilidade na informação.  Não importa quanta credibilidade a sua empresa tenha, os melhores rumores vêm de terceiros.

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

3 respostas

  1. Querido amigo avassalador… de fato, o tradicional e antigo boca-a-boca é a melhor forma de divulgação…positiva e negativa, tanto faz… nada é melhor que uma dica de amigo a favor ou contra um produto… ninguem é mais confiavel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital