Pelé, Maradona e a Mídia

Em uma época onde é impensável que grandes craques do esporte não sejam inseridos no mundo do marketing, Pelé e Maradona seriam imensuravelmente midiáticos.

Ambos ex-jogadores reúnem características bem distintas, e em suas épocas, também foram ferramentas de comunicação para grandes marcas.

Enquanto Pelé passa atributos como liderança, simpatia, humildade, tendo sido rei naquilo que fez, Maradona é tido como bad boy, polêmico, carismático e um mito no seu país.

Pode parecer mentira, mas no começo de sua carreira Maradona rejeitou associar sua imagem a bebidas e cigarros. Por outro lado, era frequente seu rosto em produtos como: Chuteira, sabão, refrigerante, pasta de dente, roupas e etc. Mesmo longe dos gramados, o craque argentino chegava a receber 4 milhões de dólares para jogar amistosos na Arábia e Qatar.

Ainda hoje, a camisa 10 do Napoli com seu nome é uma das mais vendidas do clube.

Pelé já foi rótulo de cachaça, da empresa Pirassununga. Quando jogador, era o que possuía o maior contrato com uma empresa de material esportivo, a Puma. Fortificante, café, sapato, carros, banco, eletrodomésticos, vídeo game e diversos outros produtos já foram associados a imagem do rei do futebol.

Pelé até hoje percorre o mundo promovendo (ainda que não precise) sua imagem. Após 30 anos longe dos gramados, ele arrecada 18 milhões de dólares por ano e teve recentemente sua imagem avaliada em 500 milhões de reais. Mesmo rei do futebol e de sua época, Pelé ganha muito mais dinheiro aposentado, do que quando jogava.

A mística da camisa 10 no futebol vem da magia que Pelé mostrava em campo.

Ambos jogadores também possuem características que por ventura não se encaixariam em perfis de empresas. O envolvimento de Maradona em diversas polêmicas, como as drogas, e a imagem nada inovadora e carismática que Pelé passa, poderiam ser prejudiciais para o fortalecimento de marca.

E você, como empresa, deixando o lado nacionalista, quem escolheria para promover sua marca?

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

2 respostas

  1. Para promover algum produto no Brasil e gerar buzz, sem dúvida eu escolheria o Maradona. É claro que o conteúdo e a forma como a figura dele será explorada irá influenciar bastante no sucesso da campanha, no entanto irá gerar muito mais curiosidade por parte do consumidor. Acredito que no Brasil a imagem do Pelé já esteja saturada por tantas campanhas estreladas por ele, e já não se torna um grande diferencial.

  2. Tenho uma opinião parecida com a sua, Rafael. Como em toda empresa, depende da estratégia que ela irá adotar e qual perfil de atleta a campanha ou produto se enquadraria. Eu prezo muito pelo carisma e jogo de cintura, acho que Maradona tem as melhores características para uma campanha mais despojada e com maior buzz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital