O site é a única mídia digital em que a empresa é o único dono

O site é a única mídia digital em que a empresa é o único dono.

A explosão das mídias sociais causou grande interesse nas empresas em inserir-se nesse novo meio. Isso é valido, mas muitas companhias estão deixando de investir nos próprios sites para dar mais foco às redes sociais online. Em alguns casos extremos, há quem os abandone para se dedicar exclusivamente à Fan Pages no Facebook.

É fato que os sites estão recebendo menos acessos, mas isso não significa que a ferramenta deixou de ser estratégica. Como muitas empresas perceberam a importância de estar nas mídias sociais relevantes para o seu público, a audiência, antes exclusiva do site, se pulverizou.

Mas atente-se: o site é a única mídia digital em que a empresa é o único dono. Só essa afirmação já dá a dimensão da importância da ferramenta. Agora, para atrair o público, é necessário cada vez mais criar relevância e exibir as informações de forma concentrada. O site não precisa ter muitos links e sim estar direcionado para o objetivo final da mídia: informar, relacionar vender ou ambos!

Outra estratégia é a customização cultural do site, principalmente se a empresa tem atuação em outros países. Isso implica em adaptar peças de comunicação de acordo com cada tipo de consumidor. Ainda que a atuação seja nacional vale a pena prestar atenção nos regionalismos, muito comum em um país grande como o Brasil.

Como o brasileiro aprecia ações coletivas é importante mostrar o envolvimento da empresa nas comunidades no entorno. Ter espaços voltados para a valorização dos funcionários também é uma maneira de humanizar a companhia, assim com se espera que uma rede social o faça.  Incluir informações detalhadas de como a empresa atua naquela região, além de manter explícito o endereço das unidades e fotos aumentam a sensação de pertencimento e engajamento.

A percepção de segurança é o item muito importante, não apenas para os sites de e-commerce.  Por isso é necessário incluir elementos que remetam à essa sensação. Os links para as redes sociais, endereço de e-mail e até mesmo um atendimento online via chat cumprem esse papel. As empresas que oferecem um período de uso gratuito dos serviços estão justamente entregando segurança aos clientes: se não ficar satisfeito, basta cancelar.

Para a sua empresa gerar resultados pela internet faz sentido ter um bom site institucional e investir também no gerenciamento das mídias sociais, aproveitando ao máximo o potencial que o meio digital pode oferecer.

———–

Acesse também!

Marina Ulhôa
@UlhoaMarina
marinaulhoa@gmail.com

Jornalista, com MBA em Marketing e Pos-MBA em Marketing Digital, ambos pela Fundação Getúlio Vargas. Possui 8 anos de experiência como executiva e prestadora de serviços. Colunista do site “O Melhor do Marketing”. Pesquisa, trabalha e escreve sobre estratégias de marketing na Era Digital, com base conhecimentos adquiridos com professores e consultores como Nino Carvalho (@ninocarvalho) e Fábio Albuquerque (@FabioAlbukerk)

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

Uma resposta

  1. No meu ponto de vista os empreendedores devem saber como integrar e interagir as principais mídias digitais. O site é onde a organização pode avaliar com mais clareza o processo de aprendizagem desta integração .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital