All Star – Mais do que lona e borracha

Ele está nos pés dos nerds de The Big Bang Theory. Kramer, de Seinfeld, e Punky Brewster também já usaram, cada pé de cada cor. James Dean, Bruce Springsteen, Kurt Cobain e Eddie Van Halen também viviam com os seus. O que começou como um tênis de lona e sola de borracha para jogadores de basquete entrou de vez para o lifestyle rock n’roll e se tornou um ícone pop.

O tênis All Star, que em 2008 completou em 100 anos de existência, já vendeu mais de 1 bilhão de pares em todo o mundo. Surgiu quando Marquis M. Converse fundou a Converse Rubber Company, em 1908, em Massachusetts, mas só viria a ter o design que conhecemos hoje em 1921. Foi aí que o jogador de basquete Charles (Chuck) Taylor deu ideias para a melhor adaptação do tênis ao esporte e passou a assinar a versão mais famosa de All Star.

A partir da década de 50, após ser usado inclusive pelo exército americano na Segunda Guerra Mundial, o All Star ganhou o show biz, nos pés de estrelas de cinema e do rock. Em 1966, é lançada a versão Oxford, de cano curto e em diversas cores (antes, o All Star só existia nas cores preta e branca).

Em 2003, após um início de milênio turbulento para a empresa, a Nike comprou a Converse, entrando para o segmento de tênis esportivos mais baratos, e alçando o All Star a um patamar mais fashion: reformulações na distribuição e na comunicação da marca vieram, e rapidamente o tênis voltou a se tornar um ícone jovem.

Hoje, a Converse produz variadíssimas versões do All Star, de vários materiais, cores, estampas, e até aderiu ao movimento sustentável, com produtos de tecido feito de PET.

Mais do que isso, no Estados Unidos, é possível personalizar o tênis de fábrica, pelo site da marca:

As opções de personalização são inúmeras, e mostram um cuidado da marca com seu público, que preza pelo original, moderno e hand made.

Outra coisa interessante (e que eu particularmente adoro) é o blog corporativo da marca no Brasil, o Conversation, o primeiro no mundo. O blog, que é um excelente case de blog corporativo, surgiu para ser um espaço que conecta fãs de All Star, por meio de conversas abertas sobre arte, cultura pop, moda, esporte e comportamento, além de informar as novidades da marca. Além do blog, há seções especiais onde o leitor pode sugerir pautas, trocar ideias, e postar fotos usando seu All Star.

E eu também não poderia deixar de falar aqui de uma das mais recentes ações de All Star, a Three Artists, One Song. A marca lançou mini documentários com grandes nomes da música como Kid Cudi, Rostam Batmanglij (do Vampire Weekend) e Bethany Cosentino (do Best Coast). Juntos, os artistas foram acompanhados por câmeras durante suas rotinas para a criação da tal “One Song”, que está disponível para download no site da marca.

Gostou? Comente aí embaixo, e não esqueça de votar na próxima marca. Zappos? Melissa? Garoto? É só clicar aqui!

Fontes:

Blog Conversation

Conversation no ar

All Star – + de 100 anos de história

Mundo das Marcas – All Star

Ypsilon 2 – Three Artists, One Song

Este post foi escrito por Diana Pádua

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital