Qual a sua definição para “bem sucedido”?

Há muito tempo fomos dominados e domados pelo mundo corporativo para imaginar ternos, gravatas, todo esse blá blá blá, mais inteligência técnica e emocional, perspicácia, habilidades de gestão, saber trabalhar em equipe, vivência internacional, além de, é claro, associar o termo ao dinheiro – muito dinheiro… Tem que ser super herói para reunir tanto atributo!

Quem disse que o tiozinho que vende pastel na feira não é bem sucedido, que o motorista de ônibus não é bem sucedido, que a dona de casa não é bem sucedida, que a revendedora Avon/Natura/Pierre Alexander ou seja lá qual for a empresa ‘milagreira’, não é bem sucedida…?

Bem sucedido é quem dorme tranquilo a noite sabendo que a satisfação de fazer o que gosta é maior que não receber rios de dinheiro. Veja bem, não estou dizendo que bonito não conseguir pagar as contas e ainda se orgulhar disso…estou dizendo e ouso até afirmar que o número de pessoas que faz realmente aquilo que gosta mesmo que isso signifique estar fora dos padrões é mínimo. fomos ensinados a se enquadrar pra ser aceito…

Escutei uma coisa interessante esses dias: “quando eu falo que sou professora de inglês as pessoas comentam: “legal, e vai começar a trabalhar quando?”

Quando você era pequeno, o que respondia quando sua tia, sua avó, ou a amiga da sua mãe perguntava: O que vai ser quando crescer? É…não tenho nenhum amigo astronauta, bombeiro, pintor, cantor….

Eu duvido que a resposta de alguém era: “ah, eu quero trabalhar no mundo corporativo, passar o cartão na catraca, ficar nervoso porque perdi o fretado, comer aquela overdose de salito do restaurante da empresa, esperar me descabelando por minha avaliação de desempenho e aprender um monte de palavras novas como feedback, up grade, gap, sinergia, …Ah, e não esquece de colocar aí que eu quero ter um chefe bem exigente que, além de ganhar mil vezes mais que eu e ter mil vezes menos competência ainda por cima não sabe reconhecer meu talento”

Onde será que foi parar aquilo que a gente REALMENTE queria fazer? Onde? Aquilo que fazia a gente sonhar acordado, imitar na frente do espelho, escrever a profissão no caderno, simular as perfomances?

Ah… não lembra? Não tem tempo pra pensar nisso agora? Eu entendo, agora é hora de ralar pra ser “‘bem sucedido” né …

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital