As Redes Sociais são um fenômeno recente?

A web 2.0 sem a menor sombra de dúvidas revolucionou a forma como nos comunicamos com o mundo. As Redes Sociais têm um papel fundamental nessa mudança nos rumos da comunicação, mas se engana – e muito – quem acredita que esse é um fenômeno que começou em 2004 com o surgimento de Orkut e Facebook. Essas ferramentas são importantíssimas para essa mudança, claro, mas elas apenas potencializaram o conceito de comunidades.

Como profissional de planejamento estratégico digital, entender o comportamento do ser humano é algo vital no meu trabalho. Não posso pensar a estratégia de uma marca sem entender o comportamento das pessoas, o que buscam, o que pensam e como interagem. Colocar uma marca no Twitter é fácil, gerar retorno com a ferramenta nem tanto.

Para entender não apenas o sucesso das redes, mas da Internet como um todo é preciso saber que o ser humano, desde os tempos da “Idade da pedra” já se reunia em comunidades em volta de um interesse comum. Começou quando homens iam caçar e mulheres cuidavam dos filhos e da casa. Homens se reuniam em grupos de um mesmo interesse. Mulheres de outros. Ao longo da história podemos pegar outros exemplos de sociedades que se uniram em volta de um mesmo interesse, como política, guerras, exércitos, camponeses, o Clero…

A diferença para a história do ser humano antes da Internet é que antes nos reuníamos com os “amigos do futebol”, “amigos da classe”, “vizinhos da rua”; hoje podemos fazer parte da comunidade do Facebook da Coca-Cola com mais de 19 milhões de pessoas; não temos 19 milhões de amigos, mas fazemos parte de uma comunidade fã da marca. Além disso, fazemos parte Pedigital.ning.com onde o interesse comum são planner digitais ou na comunidade “Amo praia” do Orkut.

Apenas como efeito de comparação, a TV demorou 13 anos para atingir 50 milhões de usuários a web demorou 4. Esse é o poder de potencializar a relação entre pessoas, que se relacionam entre si e com as marcas também, assim como o exemplo que falei acima. A TV é uma via de mão única. A mensagem vem e recebemos. A web a mensagem vem, recebemos e devolvemos. Isso fez com que atingíssemos não apenas a mesma audiência da TV em 1/3 do tempo, mas que atingíssemos um nível de geração de conteúdo nunca antes visto no mundo.

Nós últimos 50 anos, geramos mais conteúdo do que em toda a história do Planeta Terra. Os formadores de opinião não são apenas William Bonner, Joelmir Beting ou Zeca Camargo. Sou eu, você, o Kibeloco ou um cara dançando no YouTube para 50 milhões de visitas.

Pessoas trocam experiências e informações desde que o mundo é mundo. Há 50 anos atrás nossas avós trocavam receita de bolo com a vizinha. Uma escrevia a receita em um papel e passava a outra. Há 10 anos, essa receita seria enviada por e-mail. Hoje vira recado no Facebook ou é publicada no blog que gera um link no Twitter a ser repassado. Mais pessoas farão o mesmo bolo, desde que elas tenham interesse em ir atrás desse conteúdo.

Mark Zuckerberg disse recentemente que sua maior sacada de sucesso para o seu Facebook foi entender a importância da colaboração entre as pessoas”. Isso é fato. As pessoas colaboram entre si há tempos e é importante enfatizar esse termo para que o erro de dizer que Redes Sociais surgiu com o Orkut e Facebook não se cometa mais.

Para quem estudou a famosa pirâmide de Maslow sabe que Estima e Amor/Relacionamento estão nas necessidades básicas do ser humano. Auto-confiança, conquista, respeito, admiração pela sociedade em que se vive é buscado muito antes de Zuckerberg nascer, o que dirá seu Facebook, aliás, o próprio por ser um garoto tímido com dificuldade de fazer amigos se apoiou na web para ser – pelo menos ali – um líder, alguém respeitado e procurado pelas pessoas. Quem não tinha amigos aos 19 anos, tem 500 milhões aos 26 anos.

Web é relacionamento, interação, conteúdo e engajamento ! O resto é consequência!

Compartilhe agora
divider-tags
Saiba mais sobre:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Conheça o 4work Coworking, espaço de Coworking em Vila Velha, ES

O 4work coworking é um espaço de coworking com duas unidades no bairro Praia da Costa em Vila Velha/ES, com salas compartilhadas e privativas

Como fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde

Sim, é possível fechar seus primeiros clientes de Social Media em tempo recorde.

Nicho lucrativo para prestar serviços de Marketing Digital e Social Media

Sem dúvidas esse é um dos melhores nichos para prestar serviços de Social Media e Marketing Digital